Uma carta aberta ao meu passado de 10 anos atrás


Esta é apenas uma carta aberta.

Oi, Beatriz. Como vai tudo por aí? Já começo te pedindo cuidado com alguns amigos  – ou a maioria deles  –, não valem a tua amizade e menos ainda a tua confiança. Pode parecer estranho escrever isso, mas tire mais tempo pra si mesma, pra família, principalmente pra mãe. Apesar de estarem sempre juntas e ela saber que tu a ama, as discussões que tu cria só te faz perder um tempo precioso com ela. Não quero que seja uma carta triste, então vou me conter e dizer apenas o óbvio que aos 21 anos tu já bem sabe: as pessoas que amamos não vivem para sempre. Aproveite e diga mais e mais vezes que a ama muito.

E pega leve.

O amor: tu ainda não vivenciou nada parecido, eu sei. Mas calma, tá cada vez mais perto de conhecer aquele cara verdadeiramente especial, que vai encaixar como uma pecinha na tua vida. E tu vai se casar com ele! Te adianto: que sorte. Portanto nada de pressa, nada de se desgastar à toa. Só viva. Cuide da saúde e POR FAVOR não caia na besteira de fumar todos os dias, dez anos depois entendo que foi um grande erro meu. Nosso, né. Vais aprender a costurar, cozinhar e continua não tendo coragem de dedicar tempo  – e dinheiro  – em uma faculdade.

Continuas intensa e isso não mudará. Nervosa, estressada, ansiosa também. Acho que já criou raiz e não tem mais volta mesmo. Mas acredito que te tornarás uma pessoa melhor para conviver. Vais te magoar muito, acumular umas marcas profundas dentro desses 10 anos. Cair e se reerguer algumas vezes. Mas não se desespera, nada como a maturidade pra te guiar e caminhar ao teu lado.

Os amigos de hoje serão os desconhecidos de amanhã, poucos  – ou quase nenhum  – terás contato. Então quando alguém pisar na bola feio contigo, lembra daquele pensamento “amizades se reciclam com o tempo”. E não fica esse 1 ano isolada do mundo, não. É divertido assistir DVDs e beber tuas cervejas (ou as da mãe) sozinha, mas o motivo convenhamos que será tolo demais. Muitas pessoas vão aparecer e sumir da tua vida, tu também das delas e vida que segue. Muita coisa vai mudar e essa tua rebeldia sumirá através dos anos também. Escuta mais o pai e a mãe, eles realmente sabem do que falam.

Spoilers: não sofra achando que nunca vai rolar a oportunidade de assistir Axl, Slash e Duff dividindo o mesmo palco. Cara, isso vai acontecer. E detalhe: tu vai no show deles. E também Sir David Gilmour de pertinho, só não beba muito e fume menos antes do show começar. Se tratando de internet, as coisas tendem a piorar. A rede social Facebook vai ser o penico do mundo. E numa rede social chamada Twitter, a tua conta vai ser seguida por ninguém menos que o presidente dos Estados Unidos. Chupa essa sociedade de 2006 :)

No mais, VIVA e não dê ouvidos e nem atenção à coisas pequenas.
Mesmo querendo, tu nunca terá o controle de todas as coisas.

E ame, ame muito as pessoas que merecem e que estão do teu lado o tempo todo.
Aquelas que mesmo depois de 10, 15, 20 anos te aturando vão estar contigo pra tudo. <3

Abraçasso.

Beatriz Aguiar
Sobre mim

Criadora e criatura do Since85. Tem o humor mais oscilante da internet, viciada em café, livros, rock e metal progressivo.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

setembro amarelo
Não tenha empatia e amor só em setembro
September 13, 2017
Coisas que mais amo em você
8 coisas que mais amo em você ♥
June 21, 2017
Em cada novo ano um aprendizado - Since85
Em cada novo ano um aprendizado
June 16, 2017
126 mil vezes obrigada
126 mil vezes obrigada!
June 06, 2017
Um poema para minha mãe
Um poema para minha mãe
May 15, 2017
Não se culpe por dar-se um tempo Since85
Não se culpe por dar-se um tempo
May 04, 2017
As várias versões de mim
As várias versões de mim
March 17, 2017
Aniversário do blogSince85
731 dias de Since85. ♥
February 10, 2017
Guns N' Roses - Not In This Lifetime Tour - Curitiba
Guns N’ Roses :: Not In This Lifetime Tour :: Curitiba
December 07, 2016

Comentários via Facebook

31 Comentários

femariaotoni
Responder 03/08/2016

Nossa, que carta mais perfeita gente, nem consigo dizer quanto amei e gente, parece comigo?
Amigos...é, não tenho contato com quase nenhum e hoje vejo que a maioria era mais colega do que tudo...
Ansiedade e estresse? sou eu gente rssss já enraizou mesmo hahahaaa
Brigas com mãe...é, quem nunca, mãe que descende de italianos então? vixeeeee é barraco, gritaria, drama e...deixa quieto rss
Adorei a carta, queria escrever assim como tu sabe, adoro essa forma de escrever sabe, se expressar assim queria, eu penso assim mas na hora de por no papel foi-se.
Beijo grande e vamo que vamo no BEDA

    Beatriz Aguiar
    Responder 03/08/2016

    Ah que fofa! Não é difícil, viu. Tudo é uma questão de exercitar a escrita.
    Bah, stress, ansiedade e cara quebrada com "amigos" acho que todo mundo já passou por isso um dia, né?
    Eu não vivia em pé de guerra com a minha mãe porque ela era um verdadeiro anjo, no máximo era eu quem falava umas merdas e depois já me arrependia e pedia desculpas. :~~
    Hey, posso te dar um conselho? Aproveita a tua mãe, muito muito muito. E não perde tempo discutindo, não.

    Um beijo e bóra encarar esse BEDA de frente!

Clara Rocha
Responder 03/08/2016

Querida Bea do passado,
Acho que eu me identifico com você de certa forma, tanto a bea do passado, quanto a do futuro. Isso é engraçado né ? Tendo em vista que estou te visitando do futuro. Mas realmente acho que talvez, sejamos umas gêmeas separadas. Queria dizer que os amigos, às vezes cometem erros e se arrependem de ter pisado na bola. E, que mesmo assim não vale a pena perder tempo com quem já não faz mais questão de te ter perto. Bom, euzinha do futuro, garanto que se eu morasse ao seu lado, com certeza ia te achar a garota mais style da cidade. É só um aviso mesmo. Aliás, preciso dizer pra mim mesma do passado, que evitar estresse com a mãe vai deixar nossa vida ainda melhor! De certa forma é essa. E que beber cerveja sozinha em casa é dahora, mas beber uma cervejinha com aquela galerinha que é a sua tchurma é muito divertido e com certeza, vai te garantir várias risadas. Só queria dizer essas coisas,
e que ah!
eu amei sua carta aberta ao passado.

    Beatriz Aguiar
    Responder 03/08/2016

    Que linda, gente! ♥ Obrigada pelo carinho, Clara! Mesmo, mesmo.
    A Bia do passado (e a do presente, hihi) adorariam que tu morasse pertinho, ia ser demais.
    E olha quem fala em estilo, né.. o estilo em pessoa, a musa cacheada da blogosfera! HAHAHAHAH :))
    Com certeza, amigos vem e vão, ainda bem que hoje tenho amigos melhores e sou uma pessoa melhor, talvez seja aquele lance "semelhante atrai semelhante".. nada como o tempo pra entender qual é a da vida.
    Sem dúvida beber uma cervejinha rodeada de BONS amigos é melhor!

    Um beijo enorme. <3

Nada Sensata
Responder 03/08/2016

Bea, nem sei dizer, só sentir. Quem dera pudéssemos enviar essas cartas de verdade! Teria evitado MUITA coisa. Mas talvez evitando essas coisas não teríamos nos tornado quem somos hoje!
Te deixo um desafio aqui, já que escreveu uma carta pra você de dez anos atrás, tente escrever agora uma carta pra você de 2026! Pra você de 41 anos! No mínimo seria interessante.
Beijos, Lully :*

    Beatriz Aguiar
    Responder 03/08/2016

    Oi, Lully. Que bom você aqui! E realmente. Seria muito bom se pudéssemos enviar cartas ao passado, ou talvez não. Acho que a vida ela é construída em cima dos acertos mas principalmente, dos erros.
    Nossa! Me deu medo ler isso, sabia? Uma carta pro meu eu daqui dez anos?
    Vou pensar no assunto, me deu um frio na barriga bobo HAHAHAHAHH assim como olhei pro passado e tanta coisa mudou, já pensei em como pode estar tudo daqui dez anos adiante.
    Vai ser interessante, sim. Eu só não sei se teria coragem! Mas achei uma ideia genial. :))

    Um beijo enorme! ;*

maritrindade
Responder 03/08/2016

Muito legal essa carta, Bia! :)
Incrível poder olhar pro passado às vezes e ver o quanto já amadurecemos, não é? Nesse último ano mesmo, aprendi tantas coisas que parece que cresci uns 5 anos, acho que se fosse fazer uma carta dessas pra Mari de dois anos atrás, teria um tanto de coisa pra dizer, viu? Seria bom se a gente pudesse dar uma olhadinha no futuro de vez em quando pra evitar cometer certos erros, né? heheh
E deixo também meu recado pras duas Bias: meeeus Deeeeus, você vai pro show do Guns e eu não???!!!! Que injusto isso! hahahahah Agora é sério, o melhor conselho que posso dar é: aproveite muito sua família, são as pessoas em quem podemos confiar sempre e slow down you crazy child, não precisa de tanta ansiedade, tem calma que a vida flui melhor. (bem, foram dois conselhos, heheh, mas são pra nós duas viu?) :)
Xeroooo

    Beatriz Aguiar
    Responder 03/08/2016

    Que bom que gostou, Mari! É muito doido mesmo isso, do QUANTO a gente muda, né? Nos últimos seis anos pra cá foram os que mais mudei, foram difíceis pra mim e hoje vejo que finalmente evolui um pouco. Quebrei a cara mais algumas vezes, me decepcionei aqui e ali, fui feliz e triste. A vida é assim mesmo, não tem como ser diferente.
    Tem alguns erros que a gente poderia evitar mandando uma cartinha marota dessas, imagina do nada tu receber uma carta assim? Que loucura! Mas no fim são os erros que nos ensinam as maiores lições, se vermos por esse lado é melhor errar, quebrar a cara mas depois aprender. Não dá pra passar a vida toda evitando eles, né?
    HAHAHAHHAHAHAHAHHAH GUNNNNNNS ♥ que novembro chegue logo!
    Com certeza, se eu pudesse mandar uma carta eu escreveria isso, pegue leve e ame a sua família, eles sim merecem o meu amor, a minha confiança e minha amizade. Que fique o conselho pra ti também, então!

    Um beijo enorme!

Isabella Cas
Responder 03/08/2016

Nossa!
Eu queria poder enviar uma carta pra mim viu, tantas coisas que poderiam ter sido evitadas, não me arrependo de nada, mas seria legal ser alertada, principalmente em relação a algumas pessoas!
A vida passa e por vezes somos enganados por elas rsrsrs fazer o q =/

Mas super me inspirei!!! E sério o presidente dos EUA te segue no Twitter? hahahahaha doidera

    Beatriz Aguiar
    Responder 03/08/2016

    Né? Também não me arrependo de nada, a não ser de sofrer quando não era um sofrimento de verdade. Principalmente por conta de "amigos" que me magoaram muito e não me fizeram falta alguma na minha vida depois. Pra quê sofrer? Burra. ¬¬
    E sobre o Twitter, é sério (tem que estar logado pra poder ver os meus seguidores), olha quem foi o meu segundo seguidor no Twitter: https://twitter.com/biazinhaguiar/followers
    HAHAHAHAHAHAHH
    Obama é foda. Sem mais!

    Beijo, Isa!

Mari Maiz (@pequenosretalho)
Responder 03/08/2016

Caraca, lendo a sua carta, me toquei que não tenho ideia do que escreveria para a Mari de dez anos atrás. Ela era tão inocente, ainda estava tentando se acertar no mundo... Não que dez anos depois eu tenha melhorado muito, mas era pior naquela época, hahahaha.
Vou tentar escrever alguma coisa. Se achar que ficou bom, posto lá no blog para todo mundo ler.
Beijos
www.pequenosretalhos.com

    Beatriz Aguiar
    Responder 03/08/2016

    HAHAHHAHAHAHAH é doido pensar nisso mesmo.
    Te entendo, porque se hoje não me acho boa o suficiente, naquela época eu era pior!
    Isso! É um exercício interessante, tu vai gostar.
    Se escrever, publique! Quero muito ler!

    Beijócas!

Simone
Responder 03/08/2016

Amei a carta *.* o tempo passa e com o amadurecimento parece que certas coisas do passado fazem mais sentido não é? Como por exemplo nossos pais, Hoje em dia eu entendo muito mais eles. Beijos

    Beatriz Aguiar
    Responder 03/08/2016

    Obrigada, Si!
    E nossa, nem fala. Quanto mais novos e imaturos, menos compreendemos eles, né?
    Rebeldias à parte eu agradeço tudo o que vivi.

    Um beijo!

Líley Carla
Responder 03/08/2016

Apesar da ideia ser tentadora (às vezes queria que existisse uma máquina do tempo, hahaha), não seríamos quem somos não fossem as escolhas que fizemos, os acertos, sobretudo os erros que cometemos. Quem nunca erra, nada aprende. E o passado é nossa referência.
E eu fiquei curiosa pra ler a carta pra Bia do futuro.
Beijão

    Beatriz Aguiar
    Responder 03/08/2016

    Exato! Mas sabe que às vezes dá vontade de entrar em um máquina do tempo e dar uns tapas na Bia do passado? HAHAHAHAHAH enfim, tudo me moldou pra ser o que sou hoje e sou grata à isso. Só queria ter aproveitado mais um pouco a minha mãe, "só isso" mesmo.
    A Bia do presente não sabe se tem coragem de escrever algo para a Bia do futuro, tenso!
    Mas não és a primeira a dar a ideia, quem sabe!

    Um beijão, Lí!

Grazy Bernardino
Responder 03/08/2016

Sua maravilhosa! Tava pensando aqui que se eu pudesse enviar uma carta pro meu eu do passado ia evitar muita merda e mágoas, mas também eu seria outra pessoa hoje, quem sabe mais imatura. Tudo que a gente vive é uma experiência gigantesca, sejam esses momentos bons ou ruins.
♥ Tubaroa

    Beatriz Aguiar
    Responder 03/08/2016

    HAHAHAH, boba! E com certeza, é como respondi para as meninas aqui: são exatamente os erros e as mágoas que nos moldam, que nos prepara pra vida. Os tombos precisam ser algumas vezes meio inevitáveis mesmo. Mas por outro lado, queria ter aproveitado mais e cuidado da minha mãe. É o que me dói mais, "só isso".

    Beijo, serrana. <3

Erika Ruggio
Responder 04/08/2016

Eu fiquei morrendo de vontade de escrever uma carta pra Erika de 10 anos atrás pra avisar sobre o Guns, porque ela foi no show de 2010 e ficou decepcionada. Gostou mais da abertura com Sebastian Bach. Queria dizer pra ela ter calma que tudo ia ficar bem (mas estou morrendo de inveja de você que vai no show e eu não) hahahaha
E aqui, eu fiquei mega curiosa com essa história do presidente dos EUA te seguindo... Gente, como assim?? Como isso aconteceu??
Amei a carta, e me peguei imaginando como seria receber uma dessas de mim mesma do futuro, são coisas que se a gente pudesse ter lido naquela época, com certeza evitaria muitos grilos, não é mesmo?
Um beijão!!

    Beatriz Aguiar
    Responder 04/08/2016

    Não acredito que tu também és uma gunner! ♥ Eu tô em polvorosa, nem creio que o show é agora em novembro, cada vez mais perto de ver meus idols da juventude! HAHAHAHA <3 E sim, o Obama me segue mesmo. Eu fiz a minha conta no Twitter assim que surgiu a rede, lá pra comecinho de 2009, o que aconteceu é que dei um follow no meu parceiro Obama e ele deu follow em mim por isso HAHAHAHAH Nunca tive coragem de mandar uma direct. Minto, acho que mandei quando ele conseguiu a reeleição! o/ Seria no mínimo doido receber uma carta dessas. Cara, eu cairia pra trás! Com certeza evitaria muitos grilos, mas o lado bom é que por culpa desses grilos a gente amadurece também.. tem seu lado bom! E escreve uma pra ti no teu blog, eu ia adorar ler :)) Um beijão, Erika!

VIVIMETALIUN
Responder 05/08/2016

Bea imagino o quanto foi divertido pra você escrever essa carta tão boa e fofa de ler shooooooooooooooooow nota mil :D

Thaís Gualberto
Responder 05/08/2016

Gostei muito, Bia! Quem sabe um dia eu escreva a minha carta aberta ao passado hehe
Beijos!!

onlysecretdreams
Responder 05/08/2016

Gostei bastante Bia!! Tudo o que você disse nessa carta é a mais pura verdade, e se pudéssemos receber uma carta dessas no momento certo, talvez não faríamos tais coisas e ficaríamos mais alertas a respeito de tais pessoas, e já me decepcionei muito com amigos :/ Amei essa sua carta e imagino como foi ter escrito, quem saiba um dia eu não escrevo uma para mim também hehe.
Um beijão <3

    Beatriz Aguiar
    Responder 16/08/2016

    Escreva! É renovador, sabe? Poder colocar no papel todo o aprendizado, analisar cada erro e o que você mudou, se evoluiu realmente. Eu acho que gostaria de receber uma, principalmente a que dizia para aproveitar muito mais minha mãe antes dela partir :((((
    Mas a vida é assim mesmo, ela gosta é de dar umas boas rasteiras.
    Acho que só assim que a gente evolui de verdade.

    Um beijão! ♥

joydaviz
Responder 15/08/2016

Amei , Bia. Seria maravilhoso se pudéssemos escrever uma carta para quem fomos no passado. Eu também já sofri muito por pessoas ("amigos") que não valiam a pena, eu tive a minha mãe que tentou me alertar, mas fui boba e não lhe dei ouvidos. Mas acredito que as coisas acontecem porque tem que acontecer e não há nada que a gente faça que irá mudar isso. Adorei a sua ideia, me permite reproduzir? Beijos <3

    Beatriz Aguiar
    Responder 16/08/2016

    Nossa, Joy! Permito totalmente e já quero ler a tua! ♥
    Sobre nossas mães, elas nunca desistem de nós, não é mesmo? A minha vivia me abrindo os olhos de maneira incansável mesmo que eu nunca desse ouvidos sobre o que ela sentia das minhas amizades.
    Mas nada como o tempo, hoje não a tenho mais aqui mas em compensação aprendi quebrando a cara algumas vezes. Hoje sei um pouco mais sobre em quem confiar!

    Um beijo enorme <3

Jubs Miranda
Responder 16/08/2016

Caramba... Eu ainda nem cheguei nos trinta, faço 27 mês que vem, mas já andei refletindo sobre o passado e parece que algumas coisas são mandatórias na nossa vida para aprendermos a "ser gente", né?
Como confiar nas pessoas erradas, perder tempo brigando com a mãe, pensar que cada amor é o amor das nossas vidas e sofrer horrores e perder possíveis bons momentos se escondendo do mundo...
O bom é fazer como você fez, olhar para trás, perceber os erros e aprender as lições... E também sou a favor de uma carta aberta para o futuro! Quando eu era criança fiz uma mas mudei de casa e até hoje não sei onde foi parar, hahaha...
Beijo ;)

    Beatriz Aguiar
    Responder 22/02/2017

    Como vi esse comentário só agora? <3
    Acho que pode ser uma boa nesse momento uma carta aberta ao meu futuro. Vou pensar nisso!

    Um beijão, Jubs!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

comenta aí, vai!