Últimas leituras ♥


Reuni alguns livros pra falar de maneira bem resumida aqui. Como alguns li nas férias ou na época em que o blog estava parado, aquela vontade de uma resenha decente não surgiu.

Porém, foram leituras especiais e preciso falar sobre elas aqui. Indicar para quem ama ler! <3

Enfim, chega de papo furado que a intenção do post é falar sobre alguns dos últimos livros lidos. Cada um segue com uma resenha bem curtinha e uma nota. Bóra lá?

1. Caixa de Pássaros, Josh Malerman

Caixa de Pássaros

Thriller psicológico incrível. É daquele livro que você quer ler tudo de uma só vez. Sério. Achei interessante principalmente a cronologia, a maneira como o livro foi escrito. Temos um capítulo no presente e o próximo é no passado. O enredo é ótimo e conta sobre um mundo pós-apocalíptico em que as pessoas surtam quando ‘algo’ as encontra. Os sobreviventes de uma velha casa abandonada são Malorie e seus dois filhos pequenos, mas eles sabem que está chegando a hora de seguirem seu caminho e sair logo de lá. O livro é mesmo de arrepiar, muito suspense e terror pra quem ler! O que me desapontou foi o final, esperava algo mais surpreendente e até mesmo esclarecedor. Pareceu escrito de qualquer jeito só pra acabar ou o mais provável: o autor quis uma deixa para escrever uma sequência do livro. Em breve sairá uma adaptação nos cinemas, espero que o final do filme seja surpreendente, já que nunca seguem os livros. Né!?

Páginas: 272
Editora: Intrínseca
Nota: 8

2. Meu Apetite por Destruição, Steven Adler

Meu Apetite por Destruição

Narrado pelo próprio baterista, membro original do Guns N’ Roses. Ele conta a história nua e crua desde a infância até o tempo atual, quando decidiu escrever sua história. E o livro promete o que anuncia: sexo, drogas e muito Guns N’ Roses. Os temas preferidos de Adler! Fala sobre o início da banda, primeiros shows, turnês internacionais, tretas, as farras, sobre os outros membros e como acabou sendo chutado da banda em pleno auge. Adler é despretensioso, beirando a infantilidade, não tem como não criar uma empatia pela história do cara. Apesar do grave envolvimento com as drogas, o livro tem muitas passagens engraçadas e fatos curiosos que até então eu desconhecia. E olha que se tratando de Guns N’ Roses, sei de quase tudo! Adler foi o membro mais desapegado de grana, tudo o que ele mais quis foi continuar tocando seu rock n’ roll. Recomendo o livro para todos os fãs da banda!

Páginas: 304
Editora: Edições Ideal
Nota: 10

3. É Tão Fácil e Outras Mentiras, Duff McKagan

É Tão Fácil e Outras Mentiras - Duff McKagan

Surpreendeu. Não bastasse narrar de maneira lúcida toda a trajetória da sua vida dentro e fora do Guns N’ Roses, o baixista Duff McKagan ama literatura e escreve muito bem. O livro começa bem humorado, um Duff-super-paizão no aniversário de 13 anos da filha, onde a menina morre de vergonha dele. A partir disso, Duff analisa sua vida e faz uma viagem no tempo. Conta da vida difícil durante a infância e a mágoa que carregou do pai boa parte da vida. Trabalhos fora da música (incluindo confeitaria onde quase seguiu carreira), bandas em Seattle, sua síndrome do pânico, alcoolismo e o início nas drogas. Como seus dois casamentos anteriores afundaram. Ter visto a morte de perto e tido sua redenção: sobreviver à um colapso e livrar-se do álcool com ajuda da literatura, do ciclismo e das artes marciais. Sóbrio, casou-se e decidiu voltar aos estudos. Fez faculdade. Se tornou pai. Investiu dinheiro em ações da Amazon, Starbucks e Microsoft. Quis tocar com os antigos ex-companheiros de banda e criou o premiado Velvet Revolver. É a minha terceira biografia de um integrante do Guns N’ Roses e afirmo: Duff é de longe o ‘centrado’ dentre todos os caras da formação clássica. Mesmo junkie, ele ainda mantinha os pés no chão. Super recomendo!

Páginas: 368
Editora: Rocco
Nota: 10

4. Quatro Vidas de um Cachorro, W. Bruce Cameron

Livro Quatro Vidas de um Cachorro

Um caso sério de amor! ♥ Para os apaixonados por esses seres cheios de luz é amor na certa. O livro é narrado do ponto de vista do próprio cão, que nasce quatro vezes até compreender o significado da sua existência. O que é lindo de verdade é como as histórias se cruzam, como a relação dele com as pessoas influencia na vida futura dele, o amor, a leveza das histórias. Como são tão sensíveis e inteligentes! Quem nunca quis saber o que o seu cãozinho pensa!? E ele nasce vira-lata, depois como o golden Bailey, em seguida como a pastora alemã Ellie e por último como o Amigão. É emocionante ver o amor que Bailey tem por ‘seu menino’ e o quanto lutou para ficar ao seu lado em outras vidas. É daquele livro que vale cada centavo! Eu dei muita risada mas também chorei, já aviso aos sensíveis de plantão que esse livro é só sentimento. Foi escrito depois de muita pesquisa na área. Uma pena foi o filme decepcionar, principalmente por mudar coisas importantes, incluindo o final. Quanto ao livro, podem ler sem medo que esse livro é genial e apaixonante.

Páginas: 288
Editora: Nova Fronteira
Nota: 10

Últimas leituras 2

E você? Já leu algum desses livros!?

Abraçasso

Beatriz Aguiar
Sobre mim

Criadora e criatura do Since85. Tem o humor mais oscilante da internet, viciada em café, livros, rock e metal progressivo.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Bukowski
Bukowski e a sua poesia
February 23, 2017
Lembra de Mim Sophie Kinsella
RESENHA: Lembra de Mim? ~ Sophie Kinsella
February 20, 2017
livro O Lado Bom da vida Matthew Quick
RESENHA: O Lado Bom da Vida ~ Matthew Quick
September 07, 2016
Arco de Virar Réu - Antônio Cestaro - capa
RESENHA: Arco de Virar Réu ~ Antônio Cestaro
July 21, 2016
Anos de Tormenta
RESENHA: Anos de Tormenta ~ A. J. Cronin
July 14, 2016
Como eu era antes de voce - capa - blogsince85
RESENHA: Como Eu Era Antes de Você ~ JoJo Moyes
June 28, 2016
Livro A Mulher Incrível
RESENHA: A Mulher Incrível ~ Alexandre Petillo
May 26, 2016
Assassinato no Expresso do Oriente
Resenha: Assassinato no Expresso do Oriente ~ Agatha Christie
May 12, 2016
livro sensacionalista capa
Extra, extra! O Sensacionalista virou livro!
April 01, 2016

Comentários via Facebook

18 Comentários

Thaís Gualberto
Responder 06/03/2017

Não li nenhum deles, mas estou interessada em A Caixa de Pássaros, pois amo thrillers psicológicos. O último desses que eu li foi Menina Má, de William March, cuja resenha postei nos últimos dias de fevereiro. Ainda sobre o gênero, minha autora favorita é a Tess Gerritsen, que mistura é sensacional na variante médica dos thrillers e sempre com muita psicopatia e surpresas nas tramas.

Beijos!!

    Beatriz Aguiar
    Responder 06/03/2017

    Caixa de Pássaros é muito bom, não dá vontade de parar de ler. Porém o final é decepcionante demais :(((
    Então.. tô te devendo uma visita nessa resenha! Nunca li nenhum livro da DarkSide, tô curiosa!

    Beijóca e boa semana, Thaís!

Ana Toscano
Responder 06/03/2017

Li Caixa de Passaros e tive o mesmo pensamento, podiam ter caprichado mais no final.
Não tenho coragem de ler Quatro Vidas,me julguem!! ahieuaheu
Beijos Bibi!!

    Beatriz Aguiar
    Responder 06/03/2017

    O que me decepcionou foi só o final mesmo, mas ainda acho que vale muito a leitura num contexto geral do livro!

    Beijo!

Carolina Freitas
Responder 06/03/2017

DUFFFFFFFF (L)
sou louca pra ler esse livro mas nunca acho pra comprar online nem na Saraiva de Curitiba =((((((

Rafaela Volpiani
Responder 06/03/2017

adorei a ideia da mini-resenha, me interessei no livro caixa de passaros!!

    Beatriz Aguiar
    Responder 06/03/2017

    Caixa de Pássaros tem um enredo muito bom, vale a leitura!
    E vai sair mais mini resenhas! HAHAHAHH

    ;*

Bárbara Rigathi
Responder 06/03/2017

Eu amo biografias, sou apaixonada pela do Slash e nunca lí de outros integrantes e nem sabia que tinha... Fiquei bastante curiosa com essa biografia do Duff.

    Beatriz Aguiar
    Responder 06/03/2017

    O livro do Duff é incrível, já soube que saiu um segundo "How to be a Man" já fiquei doida pra ler também. Ele manda muito na escrita!

    Beijóca!

Clayci
Responder 06/03/2017

Caixa de pássaros me deu muito medo.. não via a hora de terminar a leitura hahahahha
Mas foi uma leitura muito boa <3

    Beatriz Aguiar
    Responder 07/03/2017

    HAHAHAHAH, Caixa de Pássaros é bem tenso mesmo. Eu adorei <3
    Mas o final poderia ter sido melhor, né? Fiquei inconformada com aquele fim HUAHAUAHU

Alana Castro
Responder 08/03/2017

Apaixonei no Quatro Vidas e estava com vontade de ler Caixa de pássaros, agora fiquei com mais vontade!! Adorei as resenhas Beee!

Erika Ruggio
Responder 11/03/2017

Suas resenhas me deixaram aqui morrendo de vontade de ler os livros do Duff e do Adler (GUNS <3) e triste porque já faz um bom tempo que não leio livros por vontade própria, já que tudo que tenho que ler pra faculdade consome cada segundo de tempo livre meu. :(

    Beatriz Aguiar
    Responder 13/03/2017

    Ah, Ka. Tira um tempinho pra ler, nem que seja dez minutinhos por dia, no final da noite! Faz até bem pro sono ler um pouquinho antes de dormir. Sem contar que tu iria AMAR o livro do Duff (Guuuuuns <3 haha), ele é foda na escrita e tem uma baita experiência de vida, principalmente por ser um cara simples de verdade. Fora que biografias de artista que a gente admira é um deleite, né!? Um beijo enorme e tire um tempinho para a leitura do lazer! ;*

joydaviz
Responder 13/03/2017

Bom dia, Bea! Amei as mini resenhas. Achei muito interessante o livro do Duff e o do Bruce Cameron... E fiquei mais curiosa ainda depois de saber que na última vida ele chama Amigão (que é o nome que meu filho deu ao cachorro dele) . Beijão! ♥

    Beatriz Aguiar
    Responder 13/03/2017

    Bom dia, Joy! Que bom que gostou!
    Você iria adorar o livro do Duff, de como as pessoas amadurecem tanto ao longo da vida. E que fofura e coincidência tremenda: AMIGÃO é um nome tão lindo para um dóguinho! ♥

    Pode ler os dois sem medo que você vai simplesmente a-m-a-r!
    Beijóca e boa semana!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

comenta aí, vai!