Diário de uma não poetisa: Meu lugar


Foto: Bia & Deny, Vinícola Miolo/2012

“Minh’alma a reverenciar teus encantos
E por um breve acalanto, esquecer meu pranto
Quando em teu infinito me perder
Envolva-me por inteira em teu colo
E teu calor minha morada há de ser

Ao ponderar teu olhar
Constatar;
Admirar;
Tuas mãos afagar
Meu coração por fim acalmar

Quando minhas lágrimas cessarem e novamente me fizer enxergar
É sua face que irei contemplar
O encanto de um doce ser humano,
Resumido em si todo o amor que há no mundo, assim, em uma única figura

E essa minha amargura, talvez a eterna insegurança acometida pelas censuras da alma de um pobre e indefeso ser que ama
Com mais ninguém irei falar, não preciso nem pensar
Basta te olhar e sobre teu ombro minha cabeça repousar

– Eis ali meu lugar”

Diário de uma não poetisa convicta.
Escrevi essa poesia em uma noite, sozinha na cama. E como hoje acordei mais saudosa que de costume, quis dividi-la com vocês. Enfim, que a paz despretensiosa dessa poesia nos acompanhe no decorrer desta semana.

 

Beatriz Aguiar
Sobre mim

Criadora e criatura do Since85. Tem o humor mais oscilante da internet, viciada em café, livros, rock e metal progressivo.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

As várias versões de mim
As várias versões de mim
March 17, 2017
Nada dura para Sempre - Since85
Nada dura para sempre
March 13, 2017
Aniversário do blogSince85
731 dias de Since85. ♥
February 10, 2017
Guns N' Roses - Not In This Lifetime Tour - Curitiba
Guns N’ Roses :: Not In This Lifetime Tour :: Curitiba
December 07, 2016
Ilustração
Oi pra você, fim de outubro
October 25, 2016
num outro dia
Num outro dia
August 04, 2016
zodíaco
Não entendo papo de zodíaco ~ BEDA#3
August 03, 2016
Uma carta aberta
Uma carta aberta ao meu passado de 10 anos atrás
August 03, 2016
intensa bia aguiar
intensa, como a vida deve ser
July 27, 2016

Comentários via Facebook

24 Comentários

bloganashamuitas
Responder 27/04/2015

Lindo e sentido!!!

nathalyhimmel
Responder 27/04/2015

Quanto amorrrrrr :) <3

amandahillerman
Responder 27/04/2015

Linda poesia! <3 Amor demais!!!

Aline Molleri
Responder 27/04/2015

Muito amor <3

www.hipermetropiafashion.com.br

Thayse Stein
Responder 29/04/2015

É louco isso de concentrar todo o sentimento em apenas um ser, em apenas uma figura, fico pensando na obsessão no momento em que o texto foi escrito, no sentimento tão forte e dominador, para levar a acreditar que tudo pode ser um ponto tão concentrado...


Beijos
Brilho de Aluguel

    blogsince85
    Responder 29/04/2015

    Oi, Thayse.
    Então.. e escrevi sobre sentimento verdadeiro, vivido. Fazem 6 anos que tenho essa "obsessão" e é tão bom poder se entregar dessa forma, sem medos, sem receios e muita confiança. Desde o início minha relação foi intensa, ao ponto de algumas más línguas terem dito na época que seria "fogo de palha porque não existia um amor assim exagerado e cheio de paixão que durasse muito tempo". E bem, depois de 6 anos, posso dizer com propriedade: existe sim amor assim, amor desses de poesia. ♥
    Beijão e obrigada pela visita!
    Já estou indo conhecer o seu blog :))

    Bia

Camila Faria
Responder 29/04/2015

Que boniteza! <3 <3 <3

Dulce Morais
Responder 04/05/2015

Pungente e profundo...
Gostei muito!

Dalva Rodrigues da Silva
Responder 04/05/2015

Realmente, lindo.
Fez-me arrepiar.
Parabéns!

Beijinhos

Passei dos Quarenta e Daí?

Fan Page

    blogsince85
    Responder 04/05/2015

    Ahhh! Obrigada, Dalva! Que bom ler isso :))
    Beijos e boa semana pra todas nós!

    Bia

Diva R. Hernández
Responder 20/05/2015

Ai que xonaaaaaaaaadaaaaa!! Xonei lendo isso!! ♥
Poeteira linda!

blogcrimesemcastigo
Responder 03/12/2015

Mas quantos Sabores existem em suas letras!!
Quanta doce paixão.. Parece que pulou direto de um diário que foi aberto horas depois de um especial encontro ~~

    Bia Aguiar
    Responder 07/12/2015

    Isso é o danadinho do amor que nos faz sentir de maneira tão visceral que é preciso pôr para fora!
    Um abraço, meu amigo!

    Bia

André Santos Pereira
Responder 17/12/2015

Belas palavras, de uma vastidão de sentimentos incríveis. Parabéns ao amor de vocês e pelo encaixo perfeito tanto na escrita quanto na vida! :3

Lari Reis
Responder 16/03/2016


"talvez a eterna insegurança acometida pelas censuras da alma de um pobre e indefeso ser que ama" - Uau!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

comenta aí, vai!