Diário de uma não poetisa: Meu lugar


Foto: Bia & Deny, Vinícola Miolo/2012

“Minh’alma a reverenciar teus encantos
E por um breve acalanto, esquecer meu pranto
Quando em teu infinito me perder
Envolva-me por inteira em teu colo
E teu calor minha morada há de ser

Ao ponderar teu olhar
Constatar;
Admirar;
Tuas mãos afagar
Meu coração por fim acalmar

Quando minhas lágrimas cessarem e novamente me fizer enxergar
É sua face que irei contemplar
O encanto de um doce ser humano,
Resumido em si todo o amor que há no mundo, assim, em uma única figura

E essa minha amargura, talvez a eterna insegurança acometida pelas censuras da alma de um pobre e indefeso ser que ama
Com mais ninguém irei falar, não preciso nem pensar
Basta te olhar e sobre teu ombro minha cabeça repousar

– Eis ali meu lugar”

Diário de uma não poetisa convicta.
Escrevi essa poesia em uma noite, sozinha na cama. E como hoje acordei mais saudosa que de costume, quis dividi-la com vocês. Enfim, que a paz despretensiosa dessa poesia nos acompanhe no decorrer desta semana.

 

Beatriz Aguiar
Sobre mim

Criadora e criatura do Since85. Tem o humor mais oscilante da internet, viciada em café, livros, rock e metal progressivo.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

setembro amarelo
Não tenha empatia e amor só em setembro
September 13, 2017
Coisas que mais amo em você
8 coisas que mais amo em você ♥
June 21, 2017
Em cada novo ano um aprendizado - Since85
Em cada novo ano um aprendizado
June 16, 2017
126 mil vezes obrigada
126 mil vezes obrigada!
June 06, 2017
Um poema para minha mãe
Um poema para minha mãe
May 15, 2017
Não se culpe por dar-se um tempo Since85
Não se culpe por dar-se um tempo
May 04, 2017
As várias versões de mim
As várias versões de mim
March 17, 2017
Nada dura para Sempre - Since85
Nada dura para sempre
March 13, 2017
Aniversário do blogSince85
731 dias de Since85. ♥
February 10, 2017

Comentários via Facebook

24 Comentários

bloganashamuitas
Responder 27/04/2015

Lindo e sentido!!!

nathalyhimmel
Responder 27/04/2015

Quanto amorrrrrr :) <3

amandahillerman
Responder 27/04/2015

Linda poesia! <3 Amor demais!!!

Aline Molleri
Responder 27/04/2015

Muito amor <3

www.hipermetropiafashion.com.br

Thayse Stein
Responder 29/04/2015

É louco isso de concentrar todo o sentimento em apenas um ser, em apenas uma figura, fico pensando na obsessão no momento em que o texto foi escrito, no sentimento tão forte e dominador, para levar a acreditar que tudo pode ser um ponto tão concentrado...


Beijos
Brilho de Aluguel

    blogsince85
    Responder 29/04/2015

    Oi, Thayse.
    Então.. e escrevi sobre sentimento verdadeiro, vivido. Fazem 6 anos que tenho essa "obsessão" e é tão bom poder se entregar dessa forma, sem medos, sem receios e muita confiança. Desde o início minha relação foi intensa, ao ponto de algumas más línguas terem dito na época que seria "fogo de palha porque não existia um amor assim exagerado e cheio de paixão que durasse muito tempo". E bem, depois de 6 anos, posso dizer com propriedade: existe sim amor assim, amor desses de poesia. ♥
    Beijão e obrigada pela visita!
    Já estou indo conhecer o seu blog :))

    Bia

Camila Faria
Responder 29/04/2015

Que boniteza! <3 <3 <3

Dulce Morais
Responder 04/05/2015

Pungente e profundo...
Gostei muito!

Dalva Rodrigues da Silva
Responder 04/05/2015

Realmente, lindo.
Fez-me arrepiar.
Parabéns!

Beijinhos

Passei dos Quarenta e Daí?

Fan Page

    blogsince85
    Responder 04/05/2015

    Ahhh! Obrigada, Dalva! Que bom ler isso :))
    Beijos e boa semana pra todas nós!

    Bia

Diva R. Hernández
Responder 20/05/2015

Ai que xonaaaaaaaaadaaaaa!! Xonei lendo isso!! ♥
Poeteira linda!

blogcrimesemcastigo
Responder 03/12/2015

Mas quantos Sabores existem em suas letras!!
Quanta doce paixão.. Parece que pulou direto de um diário que foi aberto horas depois de um especial encontro ~~

    Bia Aguiar
    Responder 07/12/2015

    Isso é o danadinho do amor que nos faz sentir de maneira tão visceral que é preciso pôr para fora!
    Um abraço, meu amigo!

    Bia

André Santos Pereira
Responder 17/12/2015

Belas palavras, de uma vastidão de sentimentos incríveis. Parabéns ao amor de vocês e pelo encaixo perfeito tanto na escrita quanto na vida! :3

Lari Reis
Responder 16/03/2016


"talvez a eterna insegurança acometida pelas censuras da alma de um pobre e indefeso ser que ama" - Uau!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

comenta aí, vai!