Bukowski e a sua poesia


Charles Bukowski, alemão e filho de soldado americano. Carteiro, motorista, poeta, escritor e pessimista nato.

Há anos atrás li Misto Quente e agora leio o primeiro romance publicado, Cartas na Rua.
Bukowski conseguiu fama máxima na literatura apenas aos 50 anos, quando publicou o seu primeiro livro. Ele fez da sua depreciada vida na sarjeta regada à bebedeiras, palco para romances polêmicos e outros inúmeros poemas sobre o cotidiano. Tornou-se único com seu estilo autobiográfico com a ajuda do seu alter ego, Henry Chinaski.

E inspirou milhares de artistas das mais diferentes esferas a propagar sua arte.

Com uísque, cigarro ou cerveja em mãos, a realidade sem romantismo e a genialidade de não ter papas na língua lhe foram as marcas registradas em toda a sua obra. O velho Buk se mantém único mesmo nos dias atuais, quando uma enxurrada de novos escritores surgem todos os dias. Seus poemas são acompanhados de inconformismo, desejos e raiva, mostrando que apesar de ter vivido bem até os 73 anos, era um coração solitário e um escritor que mantinha os pés firmes no chão.

Separei trechos de alguns poemas desse grandioso poeta louco e beberrão de Los Angeles: Henry Charles Bukowski.

~

“Um bom poema é como uma cerveja gelada
quando você está mais a fim,
Um bom poema pode enquadrar a agonia e
pendurá-la na parede,
Um bom poema pode fazer
você cumprimentar Mozart,
Um bom poema pode quase tudo.”

~

“Se eu nunca ver você de novo
Eu sempre vou levar você
dentro
fora

na ponta dos meus dedos
e nas bordas do meu cérebro

e em centros
centros
do que eu sou do
que restou.”

~

Então queres ser um escritor?

Se tens que estar horas sentado a olhar para um ecrã de computador
ou curvado sobre a tua máquina de escrever
procurando as palavras,
não o faças.

Se o fazes por dinheiro ou fama,
não o faças.
Se tens que te sentar e
reescrever uma e outra vez,
não o faças.
Se dá trabalho só pensar em fazê-lo,
não o faças.
Se tentas escrever como outros escreveram,
não o faças.

Quando chegar mesmo a altura,
e se foste escolhido,
vai acontecer por si só e continuará a acontecer
até que tu morras ou morra em ti.

não há outra alternativa.
e nunca houve.”

~

“Em meio ao nevoeiro das noites do sul, vou me aprofundando, escuridão adentro,
contemplando os raios das luzes artificiais que rasgam as gotas de água fria noite afora, não sinto frio,
o frio não faz mais parte dos meus sentidos, o copo que seguro ajuda a esquecer o frio e esquenta minha alma,
já os raios de luz me distraem, brilhantes, provocando um contraste diante do vapor do meu
hálito, ofegante, produzido pelos prazeres que encontrei no mais profundo
confim da noite, esta que seduz e me assusta quando o copo cai de minhas mãos trêmulas.
Por algumas vezes pensei que era o fim, eu estava enganado, quando me dei por conta o sol raiou,
as luzes artificiais apagaram, a noite passou e mais um dia começou.”

~

“amor é uma luz à
noite atravessando o nevoeiro
amor é o que você acha que a outra
pessoa destruiu
amor é tudo que nós dissemos
que não era
e amor é uma palavra usada muitas vezes e
muitas vezes
cedo demais.”

Bukowski

Com Linda Lee, Star Wars e Heineken!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

“Se queixar sobre velhas feridas é
um estúpido desperdício do coração.”
— Charles Bukowski

Abraçasso

Beatriz Aguiar
Sobre mim

Criadora e criatura do Since85. Tem o humor mais oscilante da internet, viciada em café, livros, rock e metal progressivo.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

últimas leituras
Últimas leituras ♥
March 06, 2017
Lembra de Mim Sophie Kinsella
RESENHA: Lembra de Mim? ~ Sophie Kinsella
February 20, 2017
livro O Lado Bom da vida Matthew Quick
RESENHA: O Lado Bom da Vida ~ Matthew Quick
September 07, 2016
Arco de Virar Réu - Antônio Cestaro - capa
RESENHA: Arco de Virar Réu ~ Antônio Cestaro
July 21, 2016
Anos de Tormenta
RESENHA: Anos de Tormenta ~ A. J. Cronin
July 14, 2016
Como eu era antes de voce - capa - blogsince85
RESENHA: Como Eu Era Antes de Você ~ JoJo Moyes
June 28, 2016
Livro A Mulher Incrível
RESENHA: A Mulher Incrível ~ Alexandre Petillo
May 26, 2016
Assassinato no Expresso do Oriente
Resenha: Assassinato no Expresso do Oriente ~ Agatha Christie
May 12, 2016
livro sensacionalista capa
Extra, extra! O Sensacionalista virou livro!
April 01, 2016

Comentários via Facebook

12 Comentários

femariaotoni
Responder 23/02/2017

Tudo que tenho a dizer é...muito bom hahaa
Adorei mesmo, eu tinha ouvido falar dele mas na real nunca li, gostei dos poemas que mostrou e sim, agora quero conhecer e ler mais sobre ele e suas poesias hahaha
Bjs B

    Beatriz Aguiar
    Responder 23/02/2017

    Caramba! Nunca ouviu falar nele?
    E tu vai gostar do humor desse cara, quer dizer, da falta de humor dele. HAHAHAHAHH
    Leia e depois me conte ;)

    Beijo, Fêr!

Diva R. Hernández
Responder 23/02/2017

Buk é o cara, amo Factótum! Não conhecia as poesias dele, vou procurar por outras!! Beijos Bibi!

    Beatriz Aguiar
    Responder 24/02/2017

    Esse ainda não li, Diva! Tô pensando seriamente em comprar outro livro dele para ler em seguida, tô gostando muito de Cartas na Rua!
    E os poemas não são românticas, não! Já aviso HAHAHAHAHAHHAHAH

    Beijóca!

arquitretasitealice
Responder 01/03/2017

Estou lendo um livro dele, sensacional ! :*

    Beatriz Aguiar
    Responder 01/03/2017

    Eba! Qual estais lendo?
    Já estou louca para ler os próximos do Bukowski!

    Saudade de ti, menina =*

Lari Reis
Responder 01/03/2017

A citação final foi minha favorita, Bia.
Eu nunca li Bukowski, mas fiquei com vontade, mesmo. Vou querer saber mais sobre Cartas Na Rua. Apesar de sentir que preciso voltar para os poemas e poesias, romances me são mais fáceis...

    Beatriz Aguiar
    Responder 02/03/2017

    Buk é incrível. Dê uma chance à ele!
    Às vezes ele é mal visto, mas na minha concepção é um gênio. E leia romances! Não consigo parar de emendar um livro no outro! HAHAHAHAH >,< Beijóca, Lari ;*

Diva R. Hernández
Responder 02/03/2017

Buk é Buk, o resto é resto!! Não sei porque tantos caretas implicam com ele.
Essa babaquice do politicamente correto sempre me incomoda. Amei Bibi e faz resenha de Cartas Na Rua =))

    Beatriz Aguiar
    Responder 02/03/2017

    Sim. Ele é mal visto por algumas coisas escritas em Cartas na Rua, andei lendo algumas coisas no Skoob. Mas particularmente, creio que era uma outra época e logo, seriam outros costumes.
    Hoje em dia "deuzólivre" existir um novo Bukowski. HAHHAHAHAHAH
    Vou resenhar sim, em breve sai!

    Beijo!

Simone Benvindo
Responder 07/03/2017

Cada trecho mais lindo que o outro *.* Eu amo poesia, nasci com ela <3. Eu amo o poder das palavras e como não ser grata a quem as usou com tanta sabedoria ?

Charme-se

    Beatriz Aguiar
    Responder 08/03/2017

    Né? Bukão é o cara, gosto da poesia dele. Direto como um jab de direita!
    Beijos, Si :))

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

comenta aí, vai!